jump to navigation

O Céu do Mês – Janeiro de 2011

Faça aqui o download da carta celeste de Janeiro de 2011 (cortesia Skymaps).

Baixe aqui o Almanaque Astronômico 2011, produzido pelo CEAMIG (Centro de Estudos Astronômicos de Minas Gerais).

Confira abaixo quais os principais fenômenos astronômicos do mês de Janeiro. Todos os horários são para a cidade de São Carlos/SP.

Atenção! As efemérides exibidas nesta página já estão ajustados para o Horário de Verão, que entrou em vigor partir das 00:00 do dia 17 de outubro de 2010.

Destaques do mês

Segunda-feira, 03/01

O Sistema Terra-Lua atinge o seu Periélio, isto é, o ponto de sua órbita mais próximo do Sol (147,1 milhões de km).

Na noite deste dia também acontecerá o pico da chuva de meteoros Quadrantídeos. Estima-se que neste dia a chuva gere uma taxa de 10 meteoros por hora (no caso de uma cidade como São Carlos). Se você quiser observá-los, recomenda-se observar o céu antes do amanhecer.

Atenção: o radiante desta chuva (localizado na constelação de Boieiro) só será observado um pouco antes do amanhecer, conforme imagem abaixo:

Clique na imagem para ampliar

Terça-feira, 04/01

06:00 Eclipse Parcial do Sol.

Infelizmente, este eclipse não será visível no Brasil. Ele poderá ser observado na Europa, Oriente Médio, Norte da África e Oeste da Ásia.
Clique aqui para saber mais sobre este eclipse.

07:04 Lua Nova

10:50 Conjunção entre Júpiter e Urano.

21:48 Conjunção entre Lua e Marte.

Sábado 08/01

14:46 Vênus estará em Elongação Máxima a Oeste, isto é, após este dia, ele nascerá cada vez mais próximo do amanhecer.

Domingo, 09/01

17:00 Mercúrio estará em Elongação Máxima a Oeste, isto é, após este dia, ele nascerá cada vez mais próximo do amanhecer (veja imagem acima).

Segunda-feira, 10/01

04:00 A Lua atinge o Apogeu, o ponto de sua órbita mais distante da Terra (404.977 km).

Quarta-feira, 12/01

08:32 Lua em Quarto Crescente.

Quarta-feira, 19/01

19:22 Lua Cheia.

Sexta-feira, 21/01

22:25 A Lua atinge o Perigeu, o ponto de sua órbita mais próximo da Terra (362.793 km).

Quarta-feira, 26/01

10:58 Lua em Quarto Minguante.

Os Satélites em Janeiro

Neste mês, a Estação Espacial Internacional (ISS em inglês) poderá ser vista com mais facilidade em três dias neste mês (nos dias 13, 15 e 17). O Telescópio Espacial Hubble (HST em inglês) estará visível antes do amanhecer do dia 09 até o dia 26; depois desse dia, ele passa a ser visível após o anoitecer. Além do Hubble e da ISS, será possível observar vários satélites no céu ao longo de dezembro.

Clique aqui para ver as passagens da ISS e do Hubble durante o mês de janeiro (arquivo em .pdf)

Créditos: Heavens-Above

*Direção: ponto cardeal onde o satélite aparece – ponto cardeal onde o satélite desaparece.

OBS: clique aqui para ver onde ficam as direções descritas na tabela acima.

OBS nº 2: os horários de passagens dos satélites já estão ajustados ao Horário de Verão.


 

 

 

Os Planetas em Janeiro

OBS: os horários das passagens já estão adaptados ao horário de Verão.(Clique nas imagens para ampliá-las)

O planeta Mercúrio, no dia 1°, estará nascendo (com magnitude -0,2). Ao longo dos dias, o planeta surgirá cada vez mais cedo no céu até o dia 11, dia de sua elongação máxima Após esse dia, ele nascerá cada vez mais tarde cruzando as constelações de Ofiúco (Serpentário) e Sagitário; no dia 31, será possível observar o planeta a partir das 06h25, com a mesma magnitude do dia 01.
Atenção: no final do mês, devido a sua proximidade do Sol, será difícil de observar Mercúrio; além disso, no dia 02, a Lua estará próxima a ele.

Por todo o mês Vênus estará nascendo por volta das 04:20 na direção Leste, mudando apenas sua magnitude aparente. No início do mês, ele estará nascendo com magnitude -4,4.  Ao longo de janeiro, ele estará cruzando a constelações de Libra e Escorpião, seguindo rumo em direção à Ofiúco (Serpentário). No dia 31, ele já estará no céu com magnitude -4,2.
A imagem abaixo mostra as posições de Mercúrio e Vênus no dia 11, um pouco antes do amanhecer. Note que, neste dia, o planeta Vênus estará próximo de Antares, estrela da constelação do Escorpião.

Posição de Mercúrio e Vênus no dia 11, às 05:40 (direção Leste)

O Planeta Marte não poderá ser observado em janeiro, devido à sua proximidade com o Sol, não será  No início do mês, é ainda possível observá-lo até às 20:00, com magnitude +1,7, próximo à constelação de Sagitário.

Saturno já estará no céu às 02:15, com magnitude +1,3, no início do mês, permanecendo na constelação de Virgem durante todo o mês de janeiro. No dia 31, o planeta já estará no céu a partir das 00:15, com magnitude +1,2. No dia 25 a Lua estará próxima a  Saturno, como pode ser visto na imagem abaixo.

Posição de Saturno no dia 25/01, às 01:30 (Direção Leste)

Por fim, os planetas Júpiter e Urano estarão bem próximos no céu. Netuno também estará próximo a ambos, mas em outra região. Na imagem abaixo pode ser visto as posições dos três planetas no céu no dia 11. A Lua estará próxima de Netuno no dia  07 e próxima de Júpiter e Urano por volta do dia 09.

Posição dos planetas Júpíter, Urano e Netuno no dia 08, às 21:00 (direção Oeste). Note que neste dia a Lua estará entre os três planetas.

Os planetas Júpiter e Urano continuarão muito próximos no céu durante este mês. No dia 1°, Urano e Júpiter estarão se pondo às 23:35 (com magnitudes +6,1 e -1,9, respectivamente). Localizados entre as constelações de Peixes e Aquário, eles estarão se pondo vez mais cedo.
No dia 04, Urano estará em conjunção com Júpiter. Após este dia, eles se distanciarão aos poucos. No final de janeiro, Urano (magnitude +6,1) estará se pondo às 21:40; Júpiter, por sua vez, estará se pondo às 21:50, com magnitude -1,8.

Confira na imagem abaixo as posições das luas de Júpiter neste mês.

Netuno se põe no horizonte por volta das 22:00 no dia 1º. Localizado entre as constelações de Aquário e Capricórnio, o planeta se põe cada vez mais cedo. No final do mês, o planeta estará se pondo às 20:00 (magnitude de +8,0).

A baixa luminosidade de Urano e Netuno faz com que seja impossível de observá-lo a olho nú, sendo necessário o auxílio de um telescópio de médio porte.

Créditos das imagens: stellarium

Informações das efemérides: Revista Scientific American Brasil, Almanaque Astronômico (CEAMIG), Stellarium, Skymaps e Heavens-above.

 

 

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: