jump to navigation

O Céu do Mês – Julho de 2010

Faça aqui o download da carta celeste de Julho de 2010 (cortesia Skymaps).

Baixe aqui o Almanaque Astronômico 2010, produzido pelo CEAMIG (Centro de Estudos Astronômicos de Minas Gerais).

Confira abaixo quais os principais fenômenos astronômicos do mês de julho. Todos os horários são para a cidade de São Carlos/SP.

Destaques do mês

Quinta-feira, 01/07

06:58 A Lua atinge o Apogeu, o ponto de sua órbita mais distante da Terra (405.063 km).

Domingo, 04/07

11:36 Lua em Quarto Minguante

Segunda-feira, 05/07

02:55 O Planeta Terra atinge o afélio, isto é, o ponto de sua órbita mais distante do Sol (152,1 milhões de km)

Sexta-feira, 09/07

Fiquem atentos neste dia ao observar Júpiter, pois o cometa 10P/Tempel estará ao Sul deste planeta. Confira a posição dele diaraimente clicando neste link (créditos: Heavens-above)

Domingo, 11/07

16:35 Eclipse total do Sol. Ele será visível no Pacífico Sul. Clique aqui para saber mais detalhes sobre este eclipse.

16:41 Lua Nova

Terça-feira, 13/07

08:08 A Lua atinge o Perigeu, o ponto de sua órbita mais próximo da Terra (361.123 km).

Domingo, 18/07

07:11 Lua em Quarto Crescente

Domingo, 25/07

22:37 Lua Cheia

Quarta-feira, 28/05

20:55 A Lua atinge o Apogeu, o ponto de sua órbita mais distante da Terra (405.958 km).

Quinta-feira, 29/05

Neste dia acontecerão os picos das chuvas de meteoros Delta-Aquarídeos Sul e Alfa-Capricornídeos. Estima-se que, neste dia, as duas chuvas gerem uma taxa de 20 meteoros por hora. Se você quiser observá-los, é recomendado observar o céu pela madrugada (no caso de Delta-Aquarídeos) ou próximo à meia-noite do dia 30 (no caso de Alfa-Capricornídeos).

Os Satélites em Julho

Neste mês, a Estação Espacial Internacional (ISS em inglês)  poderá ser vista com mais facilidade em quatro dias no final deste mês. O Telescópio Espacial Hubble (HST em inglês) estará visível antes do nascer do Sol até o dia 16; depois desse dia, ele só volta a ser visível a partir do dia 22 depois do pôr-do-Sol. Além do Hubble e da ISS, será possível observar vários satélites no céu ao longo do mês.

Clique aqui para ver as passagens da ISS e do Hubble durante o mês de julho (arquivo em .pdf)

Créditos: Heavens-Above

*Direção: ponto cardeal onde o satélite aparece – ponto cardeal onde o satélite desaparece.
OBS: clique aqui para ver onde ficam as direções descritas na tabela acima.


Os Planetas em Julho

(Clique nas imagens para ampliá-las)

O planeta Mercúrio não estará visível no início do mês devido á sua poximidade com o Sol. entretanto, a partir do dia 15, será possível observá-lo logo após o anoitecer (o o brilho do crepúsculo poderá dificultar sua observação; no dia 31, ele estará se pondo às 19:00, com magnitude 0. O planeta estará cruzando as constelações de Gêmeos e Câncer, seguindo em direção a Leão.

Posições dos Planetas Vênus e Mercúrio, no dia 31 de julho, às 18:00

Já o planeta Vênus, encontrará-se no céu logo após o pôr-do-Sol. No dia 1°, ele estará se pondo ás 19:50, com magnitude -4,0 e, ao longo do mês, ele vai se pondo cada vez mais tarde no céu, cruzando a constelação de Leão, indo em direção à Virgem. No dia 31, ele estará se pondo às 20:20, com magnitude -4,2.
No dia 14, o planeta Vênus estará próximo da Lua.

Marte estará visível pela noite, podendo ser observado logo após o pôr-do-Sol. No dia 1º, ele estará se pondo às 21:40, com magnitude 1,5 e no final do mês, estará se pondo às 21:00 (magnitude 1,6). Neste mês, será possível observar o planeta vermelho entre as constelações de Leão e Virgem. No dia 16, o planeta vermelho estará próximo da Lua.

Júpiter começa a surgir no céu a partir das 00:30 no início do mês,com magnitude de -2,1. Com o passar dos dias, o planeta surgirá no céu cada vez mais cedo, fazendo com que no dia 31, ele estará no céu a partir das 22:35, com magnitude de -2,3. Ele se encontra na constelação de Peixes; e, nos dias 3 e 31, a Lua estará bem próxima de Júpiter no céu.

Já Saturno estará visível pela noite no céu de julho. Localizado na constelação de Virgem, o planeta estará se pondo no início do mês às 22:45, com magnitude +1,3. Pelo final do mês, ele estará se pondo mais cedo, às 21:11, mas com o brilho um pouco mais fraco (magnitude de 1,4).
Fique atentos, pois neste mês será possível observar os planetas Vênus, Marte e Saturno quase alinhados durante à noite. No dia 31, Vênus e Mercúrio estarão lado-a-lado, ocasionando uma belíssima observação.

As posições de Vênus, Marte e Saturno no céu no dia 20 de julho, às 19:35

O planeta Urano, no início do mês, começa a surgir no céu a partir das 00;30; e, ao longo do mês, ele já estará visível no céu cada vez mais cedo, fazendo com que, no final do mês, ele apareça no céu a partir das 22:20. Sua magnitude média é de 6,0.
Urano encontra-se na constelação de Peixes, próximo à Pegaso; mas sua baixa luminosidade faz com que seja impossível de observá-lo a olho nú, sendo necessário o auxílio de um telescópio de médio porte. Ele continua próximo ao planeta Júpiter.

Posições de Júpiter e Urano na meia-noite do dia 15 de julho

Netuno estará visível no céu a partir das 22:00 no dia primeiro. Ao longo do mês ele aparecerá cada vez mais cedo no céu, nascendo às 20:00 no final do mês. O planeta azul se encontra entre as constelações de Aquário e Capricórnio.

Posição de Netuno no dia 15 de julho, às 21:30

Créditos das imagens: stellarium

Comentários»

1. 56retgsdgyt.fgvsdtfgwert grf@lekfjijfg.com - 19/11/2012

nao vi o que eu quero pahh


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: