jump to navigation

O Céu do Mês – Junho de 2009

Faça aqui o download da carta celeste de Junho de 2009 (cortesia Skymaps).

Baixe aqui o Almanaque Astronômico 2009, produzido pelo CEAMIG (Centro de Estudos Astronômicos de Minas Gerais).

Confira abaixo quais os principais fenômenos astronômicos do mês de Junho. Todos os horários são para a cidade de São Carlos/SP.

Destaques do mês

Sexta, 5/6

18:00 Vênus atinge sua elongação máxima a oeste do Sol. Isto é, ele está visível antes do amanhecer.

Domingo, 7/6

15:12 Lua Cheia
Curiosidade: a lua cheia de junho é conhecida como Lua Rosa, Lua das Flores ou Lua dos Morangos.

Quarta-feira, 10/6

13:00 A Lua estará no ponto mais distante da Terra (Apogeu)

Sábado, 13/6

9:00 Mercúrio atinge sua elongação máxima a oeste do Sol, isto é ele estará visível antes do amanhecer.

Segunda-feira, 15/6

19:14 Lua em Quarto minguante

Domingo, 21/6

2:45 Solstício de Inverno, marcando o início do Inverno no hemisfério Sul e Verão no hemisfério norte.

E uma boa dica de observação: na madrugada deste dia, Vênus e Marte estarão muito próximos no céu. O bom desta fenômeno é que ele poderá ser visto a olho nú ou através de um pequeno binóculo. Vênus terá uma magnitude de -4,2 e Marte +1,1.
Clique na imagem abaixo para ver as posições dos planetas nessa data:

venus_marte_2106

Créditos: stellarium

Segunda-feira, 22/6

16:35 Lua Nova

Terça-Feira,23/6

8:00 A Lua volta a estar bem próxima da Terra (Perigeu).
Um alerta: São esperadas marés altas neste período.

Segunda-feira, 29/6

8:28 Lua em Quarto Crescente

Os satélites em Junho

Neste mês, a Estação Espacial Internacional (ISS em inglês)  será visível facilmente apenas em 5 dias. Já o Telescópio Espacial Hubble (HST em inglês) será póssível observar melhor a partir do dia 13, antes do amanhecer.
Além do Hubble e da ISS, será possível observar vários satélites no céu ao longo de maio durante a noite. Não será possível observar muitos satélites pela madrugada, já que eles começarão a aparecer no céu entre seis e sete da manhã.
Confira na carta abaixo os satélites mais visíveis neste mês. (
Clicando nas datas, é possível ver um mapa com as posições de cada satélite).

Clique aqui para ver as passagens dos satélites mais visíveis durante o mês de junho (arquivo em .pdf)

Créditos: Heavens-Above

*Direção: ponto cardeal onde o satélite aparece – ponto cardeal onde o satélite desaparece.
OBS: clique aqui para ver onde ficam as direções descritas na tabela acima.


Os Planetas em Junho

Neste mês, Mercúrio começa a aparecer no partir das 06:00, sendo impossível observá-lo.

 

Vênus aparecerá no céu pela madrugada, a partir das 04:20, aocmpanhado de Marte. Durante o mês, é possível observar que sua face iluminada pelo Sol gradativamente fica mais visível na Terra. Além disso, ao longo de junho é possível ver que Vênus sairá da constelação de Peixes, indo à constelação de Touro. Sua magnitude média é de -4.

 

Marte está visível no horizonte leste antes do amanhecer (cerca de 04:30), com magnitude +1,3. no mês passado, apesar dele ter se afastado do planeta Vênus, este mês a situação se reverte; haverá uma aproiximação máxima no dia 21.

Júpiter estará entre as estrelas Fomalhaut e Altair. No início do mês, ele estará brilhando com magnitude -2,1, surgndo no céu a partir da meia-noite. Ao longo do mês, ele surgirá no céu cada vez mais cedo e cada vez mais brilhante. No final de junho, ele já estará no céu a partir das 22:00 com magnitude de -2,2.

Saturno continua com sua despedida, pois a cada dia, ele desaparece no céu cada vez mais cedo. No início de junho , ele se põe a partir da23:30 e, no final do mês, ele já estará no horizonte em torno de 22:00. O planeta brilha com magnitude +1,2. Além disso, o planeta continua ao lado da constelação de Leão.

Urano encontra-se na Constelação de Peixes.  Com magnitude +6, ele continua a aparecer cada vez mais cedo. No início de junho, ele estará no céu a partir das 02:00 e no fim do mês, já pode ser visto a partir da meia-noite. Entretanto, sua baixa luminosidade o impede de ser visto através de binóculos ou telescópios de pequeno porte.

Netuno continua acompanhando o planeta Júpiter ao longo de junho. Entretanto, sua baixa luminosidade o impede de ser visto através de um binóculo. Recomenda-se um telescópio de médio porte.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: