jump to navigation

O Céu do Mês – Julho de 2009

Faça aqui o download da carta celeste de Julho de 2009 (cortesia Skymaps).

Baixe aqui o Almanaque Astronômico 2009, produzido pelo CEAMIG (Centro de Estudos Astronômicos de Minas Gerais).

Confira abaixo quais os principais fenômenos astronômicos do mês de Julho. Todos os horários são para a cidade de São Carlos/SP.

Destaques do mês

Sexta-feira, 3/7

Às 5:00, a Terra estará em seu afélio, isto é,  na posição mais distante do Sol. Neste horário, a distância Sol-Terra será de 152,1 milhões de quilômetros.

Terça-Feira, 7/7

6:21 Lua Cheia

19:00 A Lua estará no ponto mais distante da Terra (Apogeu)

Domingo, 9/7

Para os observadores de plantão: júpiter e Netuno estarão bem próximos neste dia. Para a observação dos dois planetas, recomenda-se o uso de telescópios de médio porte para a observação. Veja na imagem abaixo como estarão a posição dos planetas neste dia:

jupiter_netuno_0907_04h00

Neste dia, Júpiter terá magnitude de -2,7 e Netuno terá da ordem de +7,8.

Créditos: stellarium

Terça-Feira, 14/7

23:00 Mercúrio estará em Conjunção Superior, isto é, o planeta estará atrás do Sol em relação ao Planeta Terra. A partir deste momento, o planeta passa a ser visível no céu noturno.

conjuncao_elongacao

Quarta-Feira, 15/7

6:53 Lua em Quarto minguante

Segunda-Feira, 20/7

Apollo_11_first_stepComemoração dos 40 anos da chegada da missão Apollo 11 na Lua. Neste dia, em 1969, o módulo lunar Eagle tocava o solo do nosso satélite natural.  Junto com o módulo, os astronautas Neil Armstrong e Edwin “Buzz” Aldrin realizaram o sonho de muitos cidadãos do planeta ao pisarem na Lua pela primeira vez na história!

Clicando aqui, é possível ver o local onde a Apollo 11 pousou na Lua e inclusive algumas fotos da missão na superfície lunar.

Terça-Feira, 21/7

17:00 A Lua volta a estar bem próxima da Terra (Perigeu).
Um alerta: como este fenômeno ocorrerá apenas seis horas antes da Lua Nova,  altas marés são esperadas.

Quarta-Feira, 22/7

23:34 Lua Nova

Terça-Feira, 28/7

18:59 Lua em Quarto crescente

Os Satélites em Julho

Neste mês, a Estação Espacial Internacional (ISS em inglês)  será visível facilmente apenas em 5 dias; entretanto, sua magnitude será muito baixa, sendo assim facilmente visível no céu . Já o Telescópio Espacial Hubble (HST em inglês) será póssível observar melhor entre os dias 3 e 19, e no final do mês (a partir do dia 30).
Além do Hubble e da ISS, será possível observar vários satélites no céu ao longo de julho durante a noite. Pelo fato do Sol nascer um pouco mais tarde, será possível observar alguns satélites antes do nascer do Sol.
Confira na carta abaixo os satélites mais visíveis neste mês. (
Clicando nas datas, é possível ver um mapa com informações e posições de cada satélite).

Clique aqui para ver as passagens dos satélites mais visíveis durante o mês de junho (arquivo em .pdf)

Créditos: Heavens-Above

*Direção: ponto cardeal onde o satélite aparece – ponto cardeal onde o satélite desaparece.
OBS: clique aqui para ver onde ficam as direções descritas na tabela acima.


Os Planetas em Julho

Neste mês, não será possível observar Mercúrio, já que sua posição encontra-se muito próxima ao Sol. No dia 14, o planeta estará atrás do Sol (conjunção superior).

 

Com magnitude -4,0, Vênus aparecerá no céu pela madrugada, a partir das 04:25, acompanhado de Marte e próximo às Plêiades. Ao longo do mês, será possível ver o planeta cruzando a constelação de Touro no céu e aparecendo cada vez mais tarde. No final do mês, o planeta já estará aparecendo no céu a partir das 05:00. Não haverá mudanças significativas na sua fase.

 

Marte, assim como Vênus, também passará pela constelação de Touro ao longo de julho, porém num ritmo mais lento. Durante o mês, o planeta começará cada vez mais cedo a aparecer no céu (no início de julho, ele fica visível a partir das 04:10 e no final do mês, fica visível a partir das 03:50. Sua magnitude é de +1,2 .

A cada dia que passa, o planeta Júpiter aparecerá cada vez mais cedo e mais brilhante no céu, ebtre as constelações de Capricórnio e Aquário (ou entre as estrelas Fomalhaut e Altair). No início do mês, ele estará brilhando com magnitude -2,3 surgindo no céu a partir das 22:00; já final de julho, ele já estará no céu a partir das 20:00 com magnitude de -2,4.

Saturno continua com sua despedida, pois a cada dia, ele desaparece no céu cada vez mais cedo. No início de julho , ele se põe a partir das 22:00 e, no final do mês, ele já estará no horizonte em torno de 20:00. O planeta brilha com magnitude +1,2. Além disso, o planeta continua ao lado da constelação de Leão.
Uma dica: Saturno estará exatamente na direção oposta a Júpiter. Enquanto um nasce, o outro se põe.

Urano encontra-se na Constelação de Peixes, próximo à Pégaso.  Com magnitude +6, ele continua a aparecer cada vez mais cedo. No início de julho, ele estará no céu a partir da meia-noite e no fim do mês, já pode ser visto a partir das 22:00. Entretanto, sua baixa luminosidade o impede de ser visto através de binóculos ou telescópios de pequeno porte.

Netuno continua acompanhando o planeta Júpiter ao longo do mês de julho. Entretanto, sua baixa luminosidade o impede de ser visto através de um binóculo. Recomenda-se um telescópio de médio porte.

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: