jump to navigation

O Céu do Mês – Novembro de 2010

Faça aqui o download da carta celeste de Novembro de 2010 (cortesia Skymaps).

Baixe aqui o Almanaque Astronômico 2010, produzido pelo CEAMIG (Centro de Estudos Astronômicos de Minas Gerais).

Confira abaixo quais os principais fenômenos astronômicos do mês de Novembro. Todos os horários são para a cidade de São Carlos/SP.

Atenção! As efemérides exibidas nesta página já estão ajustados para o Horário de Verão, que entrará em vigor partir das 00:00 do dia 17 de outubro de 2010.

Destaques do mês

Quarta-feira, 03/11

Neste dia acontecerá o pico das chuva de meteoros Taurídeos Austrais (restos do cometa 2P/Encke). Estima-se que, neste dia, as chuvas gerem uma taxa de 15 meteoros por hora (no caso de uma cidade como São Carlos, espera-se cerca de 5 meteoros por hora). Se você quiser observá-los, é recomendado observar o céu antes do amanhecer.

13:30 A Lua atinge o Perigeu, o ponto de sua órbita mais próximo da Terra (364.204 km).

Sábado, 06/11

02:52 Lua Nova

Sábado 13/11

Pico da chuva de meteoroes Taurídeos Boreais (restos do cometa 2P/Encke). Estima-se que neste dia a chuva gere uma taxa de 15 meteoros por hora (no caso de uma cidade como São Carlos, espera-se cerca de 5 meteoros por hora no máximo). Se você quiser observá-los, recomenda-se observar o céu antes do amanhecer.

14:40 Lua em Quarto Crescente

Segunda-feira, 15/11

09:55 A Lua atinge o Apogeu, o ponto de sua órbita mais distante da Terra (404.628 km).

Quarta-feira, 17/11

Pico da chuva de Meteoros Leonídeos (restos do cometa 55P/Tempel-Tuttle). Estima-se que neste dia a chuva gere uma taxa de 15 meteoros por hora (no caso de São Carlos, espera-se cerca de 5 meteoros por hora). Se você quiser observá-los, recomenda-se observar o céu pela madrugada.

Esta chuva é famosa pelo fato de que, a cada 33 anos, ela apresenta uma atividade maior que o normal.

Domingo, 21/11

15:30 Lua Cheia

Domingo, 28/11

18:40 Lua em Quarto Minguante

Terça-feira, 30/11

17:50 A Lua atinge o Perigeu, o ponto de sua órbita mais próxima da Terra (369.436 km)

 

Os Satélites em Novembro

Neste mês, a Estação Espacial Internacional (ISS em inglês) poderá ser vista com mais facilidade em dois dias no final deste mês (dias 20 e 22), sendo que nesses dois dias ele será visível após o anoitecer e antes do amanhecer. O Telescópio Espacial Hubble (HST em inglês) estará visível após o anoitecer até o dia 10; depois desse dia, ele só volta a ser visível a partir do dia 23, antes do amanhecer . Além do Hubble e da ISS, será possível observar vários satélites no céu ao longo de novembro.

Clique aqui para ver as passagens da ISS e do Hubble durante o mês de novembro (arquivo em .pdf)

Créditos: Heavens-Above

*Direção: ponto cardeal onde o satélite aparece – ponto cardeal onde o satélite desaparece.
OBS: clique aqui para ver onde ficam as direções descritas na tabela acima.

OBS nº 2: os horários de passagens dos satélites já estão ajustados ao Horário de Verão.


Os Planetas em Novembro 

OBS: os horários das passagens já estão adaptados ao horário de Verão.
(Clique nas imagens para ampliá-las)

Neste mês, os planetas Mercúrio e Marte estarão próximos no céu, sendo que no dia 20 eles estarão muito próximos no céu. Veja na imagem abaixo a posição destes planetas no dia 19 (eles podem ser observados na direção Oeste). A Lua estará próxima de ambos no dia 07.

Posição dos planetas Marte e Mercúrio no dia 19, às 19:45

O planeta Mercúrio no início do mês estará visível até as 19:15 (com magnitude -0,1). Ao longo dos dias, o planeta estará se pondo cada vez mais tarde e se aproximando de Marte. No dia 30, ele estará se pondo às 20:30, com magnitude -0,5. Em novembro, Mercúrio cruzará as constelações de Libra, Escorpião, chegando até Sagitário.

Já o Planeta Marte está se pondo cada vez mais cedo no céu. No dia 1º, ele estará se pondo às 20:20 (magnitude 1,7); no dia 30, o planeta vermelho já estará perto do horizonte por voltas das 20:00, mantendo a mesma magnitude. E, assim como Mercúrio, seguirá rumo à constelação de Sagitário (cruzando a constelação de Escorpião).

Antes do amanhecer, os planetas Vênus e Saturno também estarão próximos no céu. Confira na imagem abaixo suas posições no dia 20 (direção Leste). A Lua estará próxima entre os dias 04 e 05.

Posição dos planetas Vênus e Saturno no dia 20, às 06:00

Em novembro, o planeta Vênus estará se aproximando de Saturno no céu. No início do mês, ele estará nascendo às 06:50, com magnitude 0,5. Com o passar dos dias, ele estará cruzando a constelação de Virgem e nascendo no céu cada vez mais cedo. No dia 30, ele já estará no céu às 05:20, com magnitude -4,3.

Saturno já estará no céu ás 06:00, com magnitude +1,4, no início do mês. Assim como Vênus, também estará na constelação de Virgem ao longo de novembro. No dia 30, o planeta já estará no céu a partir das 04:00, com a mesma magnitude.

Por fim, os planetas Júpiter e Urano estarão bem próximos no céu. Netuno também estará próximo no céu, mas em outra região. Na imagem abaixo pode ser visto as posições dos três planetas no céu no dia 14. A Lua estará próxima de  Netuno no dia 17 e próxima de Júpiter e Urano por volta do dia 17.

Posições da Lua e dos planetas Júpiter, Urano e Netuno no dia 14, á meia-noite

Os planetas Júpiter e Urano estarão próximos no céu durante este mês, sendo que estarão visíveis no céu durante toda a noite. No dia 1°, Urano e Júpiter estarão se pondo às 03:30 (com magnitudes +6,0 e -2,4, respectivamente). Localizados entre as constelações de Peixes e Aquário, eles estarão se pondo vez mais cedo. No dia 30, os dois planetas não estarão no céu a partir das 01:40 (Júpiter com magnitude -2,2 e Urano com magnitude +6,0).

Confira na imagem abaixo as posições das luas de Júpiter neste mês (créditos: Almanaque Astronômico – CEAMIG).

Por sua vez, o planeta Netuno se põe no horizonte por volta das 02:00. Localizado entre as constelações de aquário e Capricórnio, o planeta se põe cada vez mais cedo. No final de novembro, o planeta estará se pondo à meia-noite. Sua baixa luminosudade (magnitude de +7,9) o impede de ser observado a olho nú.

A baixa luminosidade de Urano e Netuno faz com que seja impossível de observá-lo a olho nú, sendo necessário o auxílio de um telescópio de médio porte.

Créditos das imagens: stellarium

Informações das efemérides: Anuário Astronômico Scientific American, Almanaque Astronômico (CEAMIG), Stellarium, Skymaps e Heavens-above.

Comentários»

1. PAULO - 26/10/2011

houve algum fenomeno astronômico dia 18 / 11 / 2010 , no horário do por do sol ?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 65 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: